Quando as Catedrais eram Brancas, notas breves sobre arquitectura e outras banalidades, por Pedro Machado Costa

| Subscrever via RSS

Jeanne d'ARC?

| |





















Joana d'Arq queimada pela Inquisição, 1889 , Jules-Eugène Lenepveu . Coitada.

Com base nas largas provas reunidas na entradas anteriores conclui-se portanto um conluio que prepara o óbvio regresso da inquisição (deve ser da data), desta vez ávida de queimar todas essas Joanas d'Arq(uitectura) que populam por aí.

2 comentários:

alma disse...

ahh! diria que é mais a vingança do chinês :)
uma cultura milenária contra a fraude de uma cultura de cordel :)))

joão amaro correia disse...

o delírio joana d'arc é também de resistência, mesmo na alucinação.
"Prefiro morrer a pôr em causa o que Deus me manda fazer e creio firmemente que ele não me deixará cair tão baixo sem vir em meu socorro e por milagre."
diz ela no filme do bresson.
apesar de tudo, há uma esperança qualquer.

Tags