Quando as Catedrais eram Brancas, notas breves sobre arquitectura e outras banalidades, por Pedro Machado Costa

| Subscrever via RSS

Nero?

| |





















Nero (37-68 DC), [1905]
: uma questão de bom gosto.

De incêndio em incêndio: com o fim da Bouwkunde há um ano, e depois do edifício da CCTV, é a vez da Ópera de Guangzhou confirmar a estreita e profícua relação entre a arquitectura e a piromania.

Nero terá declamado Ilioupersis durante o incêndio. Fiquemos pois com um fragmento do Épico (em inglês, enfim):

The Greeks, after burning the city, sacrifice Polyxena at the tomb of Achilles: Odysseus murders Astyanax; Neoptolemus takes Andromache as his prize, and the remaining spoils are divided. Demophon and Acamas find Aethra and take her with them. Lastly the Greeks sail away and Athena plans to destroy them on the high seas.

4 comentários:

alma disse...

Vero !
os chineses é que sabem :)))) FOGO!!!

alma disse...

não é preciso ser chinês para perceber que a "azar ha de ir" exala um péssimo feng shui :)))

quando-as-catedrais-eram-brancas disse...

é das arestas: lembro-me de uma história: estávamos salvo seja) a desenhar um edifício com uma aresta "viva" virada para o banco da china e alguém terá telefonado a dizer que isso não podia MESMO ser.

alma disse...

mesmo boleadas LOL

Tags